Conclave dos Exploradores

Fórum complementar do grupo Conclave dos Exploradores.Destinado à organização e melhor manutenção da interpretação e aventuras propostas.Junte-se ao Conclave!
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Área do Castelo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ewe
Fundador
Fundador
avatar

Mensagens : 17
Data de inscrição : 30/05/2017
Idade : 25
Localização : Castelo do Conclave - Reino Kholugavinsk

MensagemAssunto: Área do Castelo   Qui Jun 01, 2017 4:22 pm

Aqui se seguirão as interpretações comuns, dentro das dependências do Conclave, mais especificamente na área interna, como quartos, salão comum, pátio, sala de refeições e salão dos fundadores.

Lembrando que, cada membro é instalado num quarto individual ou compartilhado, com uma cama de solteiro ou uma beliche, um guarda-roupa e um criado mudo, podendo "personalizar" seu quarto a seu gosto, desde que, se for compartilhado, respeite a parte do outro indivíduo.
Membros femininos ficam em quartos separados dos membros masculinos, não havendo possibilidade de quarto compartilhado - exceto por motivos de força maior analisados pelos fundadores.

Os quartos ficam no segundo andar do prédio principal, ficando os femininos à esquerda e os masculinos à direita.
Há um quarto de banhos de cada lado do andar dos quartos, com banheiras, bacias e baldes, além de armários individuais para a guarda de itens pessoais de higiene.

No andar principal, logo que se atravessa a grande porta metálica, há um pátio com uma fonte em seu centro. Deste pátio partem 2 corredores principais - um na direita e um na esquerda - além de duas escadas - uma de subida e outra de decida.

O corredor da direita segue para a biblioteca e o salão de armas e armaduras.
>A responsável pela biblioteca é uma humana chamada Cecibel, possui cabelos curtos e negros e pele clara, de temperamento calmo e solicito, porém, não tolera desorganização, baderna e danos aos livros e pergaminhos.

>O salão de armas e armaduras possui dois responsáveis. Um astério chamado Brabus, que fica com a parte de controle de itens, como um estoquista e um anão chamado Kolkeldur que é um exímio ferreiro.
De cabelos escassos e barba espessa, ambos coloração ruiva, ele trata suas criações como filhos e filhas. Não tolera uma arma sem estar afiada, uma armadura amassada ou um escudo que não aguentaria um combate até o fim, além disso, não mexa com sua esposa, Tangraka.
Já Brabus possui pelagem em tom caramelo, é cortês e educado, mas bastante explosivo.
Cuida muito bem de seus cornos, assim como sua armadura e seu machado, pois sempre afirma que só se manteve vivo até agora por ter cuidado bem deles e eles estarem em boas condições de uso quando mais precisou.

O corredor da esquerda segue para o salão de refeições e a cozinha com seu depósito.
>A responsável de toda essa área é a anã Tangraka, que, assim como seu esposo Kolkeldur, possui cabelos ruivos. Não tolera que invadam suas dependências sem autorização e muito menos que provem de sua comida antes das mesmas serem "oficialmente" servidas, porém, fica orgulhosa de ver a refeição ser devorada e se sente elogiada quando pedem outra porção.

Os dois corredores se encontram por trás das escadas, formando um corredor único que dá no salão de reuniões.
Este é o salão onde comumente poderão ser encontrados os fundadores.
Além disso, é onde aspirantes a membros são entrevistados, membros recebem comunicados diretos, funções são delegadas ou revogadas e, como o nome propõe, reuniões são feitas para decidir o futuro da guilda.

A escada de subida leva ao segundo andar, onde, como já citado, se encontram os dormitórios e os banheiros.
A escada de descida possui um portão trancado, tendo acesso restrito a fundadores, guardiões ou demais membros acompanhados de um dos tipos de membros anteriormente citados. Isto se deve ao fato de, nos andares inferiores estarem as masmorras, onde prisioneiros são mantidos como forma de punição por seus atos ou são torturados para que a guilda obtenha informações.
>A carcereira é uma mahok chamada Paterazm. Ela é durona e isso não é apenas uma referência à sua pele de pedra. De poucas palavras e métodos peculiares, ela sempre consegue fazer os prisioneiros falarem e os trata com mão pesada.

A partir do segundo andar, há outra escada de subida que leva ao terceiro andar. Neste, logo após o fim da escada, são encontrados mais um lance de escada ascendente e dois curtos corredores que seguem em direções opostas - direita e esquerda - e dão em portas de madeira, uma marfim e uma de mármore azulado.
>Na sala com a porta marfim se encontra a área destinada a misticismo, ao culto de divindades e entidades, ao sacerdócio, a área sagrada do Conclave, que fica sob responsabilidade da levent Nina. Esta possui cabelos longos e loiros, olhos azuis e pele clara, muitas vezes é confundida com uma criança ou adolescente, porém ela já é adulta. É atrapalhada e tem um coração enorme, sempre disposta a ajudar, mas se emburra fácil com pessoas turronas e teimosas.
>Já atrás da porta mármore fica a área destinada a estudos arcanos. Vvarázsló, uma draconiana de linhagem do gelo, é a responsável por essa área. Orgulhosa e rigorosa, despreza o uso de metal em combate afirmando que isso é para os fracos que não tem finess para aprender as artes mágicas.

No quarto andar ficam os quartos dos fundadores, sendo uma área restrita. Cada fundador tem seu quarto individual, modificado ao gosto pessoal e também para atender fins estratégicos. Como por exemplo, o quarto de Lisandra que possui uma varanda alongada, com uma espécie de escudo, de onde pode disparar flechas em possíveis invasores, ou o quarto de Davy, localizado numa torre, de onde pode vigiar as terras e identificar ao longe quem chega, tendo uma escada externa para deslocar-se mais rapidamente.

Na parte externa, podem ser encontradas áreas como o jardim, o salão de aprendizado botânico e os estábulos, ambos sob responsabilidade de Larwyn, um elfo selvagem, de cabelos castanho escuro e jeito rústico, que passava mais tempo na floresta do que no castelo. Próximo ao jardim há também uma velha torre rústica, sendo esta usada pela fundadora Kendra como seus aposentos e de seu companheiro Sinistro.

No terreno também há um rio que desemboca numa cachoeira próxima à entrada do castelo, onde pode se encontrar Ryuko, uma groton de tipo ribeirinho que por vezes fazia papel de guarda da ponte, mas que era responsável pela manutenção da vida aquática e também pelas docas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://conclaverpg.forumeiros.com
Ewe
Fundador
Fundador
avatar

Mensagens : 17
Data de inscrição : 30/05/2017
Idade : 25
Localização : Castelo do Conclave - Reino Kholugavinsk

MensagemAssunto: Re: Área do Castelo   Dom Jun 04, 2017 5:26 pm

Padrão de Interpretação:
 

Davy - Cozinha e Depósito/Térreo

O homem resolveu seguir do salão de refeições para o interior da cozinha. Konkeldur sabia técnicas de defumação de carne e um dos javalis que Davy tinha caçado há algum tempo estava o esperando no estoque. Tangraka estava atarefada como sempre, ora mexendo o conteúdo de um caldeirão, ora selecionando temperos para um molho em outra panela, então para não atrapalhá-la,
o homem resolveu sentar-se num canto depois de ter cortado fatias de javali defumado. A garrafa de bebida estava vazia, mas ele resolveu não pegar outra, afinal, tinha de manter-se sóbrio mesmo que isso significasse sentir frio. Já que estava ali, resolveu perguntar ao seu amigo de baixa estatura o que tanto estava em falta na dispensa.


--Com a recente chegada de mais um punhado de recrutas, creio que o estoque de carne não dure até o inverno. O problema é que nesta época do ano fica mais difícil caçar, já que os animais começam a migrar ou se refugiar, assim como nós, já pensando no frio que virá. Apesar de não estar tão frio quanto você sente, as plantas são bem sensíveis e já começaram a dar sinal vermelho, indicando que não aguentarão até a colheita. Mas não se sinta mal, Davy, ninguém esperava que o frio chegasse antes esse ano, nem mesmo Larwyn conseguiu prever isso.
Respondia o anão tentando não preocupar ainda mais Davy e o que ele dizia era a mais pura verdade. O frio chegou adiantado e isso atrapalhou todos os cálculos, não havia um culpado, apenas teriam de buscar soluções.

Como resposta, o homem coçava a cabeça despelada e então corria a mão pelo rosto, coçando então a barba.
Ele analisava tudo como sempre e decidia dar mais uma mordida na fatia de javali.
--Eu ainda não avisei a Lisandra e os outros, mas eles não são cegos nem burros, se já não sabem, vão descobrir. Preciso buscar alianças, de preferência com alguém com recursos ou que seja de um lugar onde o frio não castigue. Alguma vila que seja. Sem o frio, podemos oferecer bancar os custos do plantio e dividimos os lucros, sejam materiais ou em dinheiro. O mesmo com carnes e outros materiais. Se ninguém estiver disposto, temo precisar de mais do que a diplomacia.

Os dois então se entreolhavam com rostos preocupados, mas tentando disfarçar a tensão. Konkeldur tomou um gole de alguma coisa em sua caneca, Tangraka se mantinha às panelas e Davy se levantou após despedir-se e seguiu para fora dali, passando pelo salão de refeições onde alguns jovens desjejuavam com Rahvanker estando presente também e seguindo para o salão comunal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://conclaverpg.forumeiros.com
Shayu
Fundador
Fundador
avatar

Mensagens : 10
Data de inscrição : 01/06/2017
Idade : 31
Localização : Terra do Uai

MensagemAssunto: Re: Área do Castelo   Seg Jun 05, 2017 1:30 pm

Shayu - Cozinha e Depósito/Térreo
- Fala - Ação - Pensamento
________________________________

- Você se preocupa demais!! - Dizia uma voz familiar.

Era um Lige, de altura mediana, pelagem cinzenta escura com algumas partes mais claras, como na região do rosto, as mãos e a ponta da longa calda eram os lugares mais visíveis.

Apesar de normalmente trajar, um short preto e estar sempre sem camisa, tendo apenas a fita que segurava sua aljava de flechas passando pelo peito, nesse dia em especial o mesmo estava usando uma camisa marrom, e calça. Suas pés permaneciam no chão como de costume, de acordo com o que o mesmo sempre dizia, calçados eram muito barulhentos, e suas patas lhe davam uma furtividade sonora natural.

Shayu estava encostado na porta quando havia se entrometido na conversa. Em sua mão havia uma maça que já estava quase no fim. Enquanto caminhava na direção do líder daquela "facção" o mesmo retirava outra maça da pequena sacola que levava consigo e jogava na direção Davy.

- Mas acho que entendo sua preocupação... - Puxou uma cadeira e se sentou por ali - ... o inverno também me preocupa um pouco, não tanto quanto deve preocupar você, mas ainda assim me preocupa. Estava pensando em juntar alguns novatos e sair para caçar, talvez possamos diminuir um pouco o impacto se tivermos algumas reservas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Clara
Fundador
Fundador
avatar

Mensagens : 3
Data de inscrição : 05/06/2017
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Área do Castelo   Seg Jun 05, 2017 9:47 pm

Kendra - Pátio do Estábulos

A pequena humana parou a carroça cheia de gansos em frente ao estábulo. Soltou com a capa negra estalando e fazendo um redemoinho de penas subir ao redor de seus pés irritando Sinistro, o lobo magrela  que a acompanhara nessa viagem rápida à fronteira. Haviam ido visitar uma vila aliada e conseguirá um bom contrato. Ela trazia a primeira remessa de gansos pro inverno, eram gordos e saudáveis, "Tang" iria fazer bom proveito deles.

Larwyn apareceu para receber seu animal, ele teria que perdua-la pela carroça mal atada e o estresse do cavalo. Não era boa com equinos. Como um pedido de desculpas, tirou da lateral da mochila as mudas ensacadas.
-- Dessa vez fiz minha parte. Reconheci assim que senti o cheiro. Ainda me recordo das técnicas de cultivo dessa erva, seremos capazes de mante-la mesmo no inverno.

Lampejos de lembrança da infância em seu país, servindo a Velha Curandeira na loja de ervas e poções sempre estavam presentes quando conversava com o Elfo sobre seu passa tempo, a botânica.

-- Hm, você se lembrou. Acaba de ser aceita de volta ao projeto. Eu cuidarei disso até nosso encontro no salão de estudos. Agora se me permite dizer, você precisa de uma refeição fresca e algo que traga cor a essa sua cara cansada. Vou cuidar dos gansos e avise Tangraka o que trouxe para o caldeirão dela.

Deixando o sorriso do amigo para trás seguiu para o castelo. O que queria mesmo era a sua torre, tomar um banho em sua tina diante da pequena janela pro jardim. Mas aquilo teria que esperar, tinha papéis e novidades para os outros e estava faminta.

Sinistro seguiu para torre. Ele só precisava de água fresca e seu canto embaixo da escada, caçara mais roedores do que podia aguentar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ewe
Fundador
Fundador
avatar

Mensagens : 17
Data de inscrição : 30/05/2017
Idade : 25
Localização : Castelo do Conclave - Reino Kholugavinsk

MensagemAssunto: Re: Área do Castelo   Ter Jun 06, 2017 9:01 am

--Shayu. Há quanto tempo, não ? Estava visitando seus parentes ?

Davy pegava a maçã que lhe era arremessada, dando uma mordida forte nela, que estava suculenta e fazia um barulho crocante quando a casca era perfurada pelos dentes. Fazia tempo que não via o companheiro peludo e então ia cumprimentá-lo antes de sentar-se próximo a ele. Por vezes achava que o lige estava sempre no castelo, dormindo como os felinos domésticos fazem, mas era apenas uma teoria boba para explicar o porque nunca o via por ai, só que essa era a vantagem dele, ele era bem furtivo e poderia estar ali sem ser notado.

--Sim, sua ideia parece ótima e posso fazer companhia também, mas acho que seja desnecessário.
Na verdade, estou pensando em fazer uma viagem para o nordeste, para as terras mais quentes e litorâneas. Dizem que lá existem vilarejos pacatos e temperaturas mais amenas, porém não há investimento para grandes produções e apenas há cultivo suficiente para se manterem. Posso ir para a capital da província do porto tentar algum acordo e na volta falar com os fazendeiros, mas dificilmente conseguirei algo com os da metrópole.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://conclaverpg.forumeiros.com
Shayu
Fundador
Fundador
avatar

Mensagens : 10
Data de inscrição : 01/06/2017
Idade : 31
Localização : Terra do Uai

MensagemAssunto: Re: Área do Castelo   Dom Jun 11, 2017 1:47 pm

- Eu estava por aí! - Falou enquanto terminava a maça - Até pensei em ir fazer uma visita para eles, mas sabe como é, seria uma viajem longa, e vocês ficariam com saudades minhas se eu demorasse demais!!


- Pode ser uma boa ideia, mas, você pretende levar todo mundo, ou só uma comitiva com algumas pessoas? - Shayu indiretamente já tentava demonstrar seu interesse em participar desta "missão"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Área do Castelo   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Área do Castelo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [pedido] tileset castelo, masmorra, estabelecimento congelado
» [Comum] Castelo Negro
» Castelo negro - Hall de entrada
» Castelo Negro
» Castelo Negro - Sala de tortura

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Conclave dos Exploradores :: Área do Conclave :: Interpretações Livres-
Ir para: